Exaltação da Santa Cruz

A Cruz no Santuário

“No dia 14 de setembro de 2011 estava a ser difícil colocar a Cruz lá em cima, lá fora. A Cruz não queria encaixar (essa Cruz que temos lá fora e que pesa um pouco mais de três toneladas). Não se encaixava de jeito nenhum. O pai da obra precisava estar aqui. O Monsenhor Jonas não estava aqui, queriam até fazer uma surpresa. Ele precisou chegar aqui, no dia 14 de setembro de 2011, ele abençoou a cruz e a cruz foi içada e encaixada, lá em cima. É festa aqui no Santuário. Por causa desta data? Sim. Só que podemos ir também um pouco mais além. O Santuário é dedicado a quem? Ao Pai das Misericórdias. Dedicado ao Pai das Misericórdias. E vamos pensar, rezar e raciocinar: onde o Pai amou tanto a humanidade, se não foi na Cruz? Então, por isso, que é festa do Santuário. Onde o Pai amou tanto a humanidade se não na Cruz, entregando o Seu Filho único para a nossa salvação. Então, é festa para nós, é festa para a Igreja! É festa para quem é da Canção Nova, é festa para que é amigo da Canção Nova, é festa para quem é filho deste Pai das Misericórdias. É festa para todos nós! O Pai nos amou, o Pai nos ama, o Pai nos amou através de Jesus.” Assim disse o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, Padre Marcio Prado, em sua homilia na Festa da Exaltação da Santa Cruz em 2016.

Instalação da Cruz no Santuário do Pai das Misericórdias/ cancaonova.com

Leia mais:
.:Festa da Exaltação da Santa Cruz | Sinal da misericórdia do Pai
.:A cruz representa Cristo e o amor que Ele tem por nós
.:Exaltação da Santa Cruz – símbolo da vitória de Jesus

O Tríduo e a Festa da Exaltação da Santa Cruz

O Tríduo acontecerá de 11 a 13 de setembro, após às 7h. Já a Festa da Exaltação da Santa Cruz acontecerá no dia 14 de setembro, às 7h, com a presença de Dom João Inácio Müller, bispo da Diocese de Lorena.

Durante o dia da Festa, teremos momentos de pregação e oração com a presença do Padre Marcio Prado, vice-reitor do Santuário, Padre Bruno Costa e Eugênio Jorge.

Mais informações em breve.

Venha fazer parte deste grande momento celebrativo conosco!

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!