Tempo da Misericórdia

Monsenhor Jonas Abib nesta pregação, no ano de 2013, fala sobre Jesus que é a misericórdia e sobre nós que precisamos nos esforçar para lutarmos e ficarmos de pé.

Jesus ressuscita Lázaro

Jesus não tem medo de nada, nem da lepra e nem do pecado. Ele não quer a lepra e não quer o pecado. Ele se coloca lado a lado, para que eles experimentem a ressurreição. E que beleza a ressurreição de Lázaro. Jesus mandou retirar a pedra da gruta, porque naquele tempo era assim que se sepultava. Marta fica aflita, porque já faziam quatro dias que Lázaro havia sido sepultado. Jesus não tinha medo nem do cheiro da morte, nem do cheiro do pecado.

Interessante que houve almas, santos e santas muito sensíveis à Deus que receberam a graça de sentir o mal cheiro de almas que estavam em pecado. O que havia matado você e te fazia até ‘cheirar mal’? A morte traz mal cheiro.

Veja mais:
.:Volta para a casa do Pai!
.:Sejamos misericordiosos como o Senhor!

Tire a pedra!

Você não precisa esconder aquilo que te causava morte, você não precisa esconder aquilo que te fazia cheirar mal. Jesus está mandando tirar a pedra. Ponha tudo às claras, sem medo, sem receio!

Para Jesus nós não precisamos ficar tampando o sol com a peneira. É por isso que saem esses raios do Seu coração. São raios de luz, mas também são raios de amor, de misericórdia que atingem realmente acabando com o pecado. Mas para isso é preciso que estejamos ‘nus’, às claras, não escondendo mais os nossos erros. Parece que levantamos o tapete e colocamos o lixo debaixo. O lixo da nossa vida precisa ser jogada na fornalha ardente da misericórdia do coração de Jesus.

Jesus disse: ‘Lázaro, venha para fora!’  Lázaro literalmente vem rastejando, porque estava todo revestido de faixas. Era a força da vida, mas muito limitada.

Hoje no dia da misericórdia o Senhor está nos mostrando o que só Ele pode fazer, que é ressuscitar. Todo aquele que quer o perdão, que quer a vida nova, Jesus tem o poder de ressuscitá-lo e Jesus é a ressurreição.

Entre Jesus nos ressuscitar e nós ficarmos de pé está toda aquela dificuldade que passou Lázaro. Lázaro estava vivo, mas ainda amarrado, ainda com as vestes de morte, de pecado. ‘O Deus que te criou sem ti, não te salvará sem ti’, já dizia Santo Agostinho. É preciso esforço, é preciso luta. Lázaro só pode se mover porque a vida estava nele. É por graça que nós nos movemos.

Sem o seu heroísmo não haverá a sua salvação. Jesus precisa ver o seu sangue, o seu suor, a sua lágrima. Lute! A misericórdia de Jesus nos dá força, mas quem levanta é você!

Assista a homilia:

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!