Embora perseguida, a Igreja nunca se cansa de acolher, afirma Papa