Novena ao Pai das Misericórdias

 Oração Inicial (para todos os dias)

Ó Deus, que enviastes Vosso próprio Filho pela redenção do mundo, concedei-nos o Espírito Santo que nos faz clamar: Aba, Pai! Confirmando em nossos corações que somos filhos, herdeiros de Deus e co-herdeiros em Cristo, pois como filhos cremos que tudo concorre para o bem dos que amam a Deus.
Espírito Santo, vinde em socorro da nossa fraqueza, pois nem sabemos o que pedir; intercedei em nosso favor [pedir a graça]. Em tudo isto somos mais que vencedores, graças Àquele que nos amou. Nada pode nos separar do Amor de Deus que está no Cristo Jesus Nosso Senhor. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias (para todos os dias)

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouça a súplica confiante que Lhe apresentamos neste momento: (fazer o pedido).
Acolha este povo que vem, cheio de fé e esperança, ao Seu Santuário. Console os aflitos, socorra os necessitados, enxugue as lágrimas aqui derramadas. Ampare os fracos e receba em Seus braços paternos este filho pródigo que volta para o Senhor.
Dê-nos a graça de sermos instrumentos da Sua misericórdia na vida dos nossos irmãos, para que assim o Seu nome seja amado em nossa família e em nossa nação. Tudo isso Lhe pedimos por Seu Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina na unidade do Espírito Santo. Amém.

1º Dia da Novena

Pai das Misericórdias, abençoe as famílias

“E Jesus continuou: ‘Um homem tinha dois filhos. O filho mais novo disse ao pai: ‘Pai, dá-me a parte da herança que me cabe’. E o pai dividiu os bens entre eles. Poucos dias depois, o filho mais novo juntou o que era seu e partiu para um lugar distante. E ali esbanjou tudo numa vida desenfreada’.” (Lc 15,11-13)

Reflexão

Não sabemos o motivo pelo qual o filho mais novo quis sair de casa. Estava ele cansado da vida familiar? Não se sentia cuidado pelo pai? Sua juventude clamava novidade, aventuras? Quais são os motivos que nos afastam de Deus? “Deus não me ouve. Cansei-me d’Ele! Ele não me atende”. Quais são nossas revoltas com Deus?
Qual a reação de Deus? O pai misericordioso da parábola deu a parte da herança ao filho e lhe permitiu sair, deixando-o livre para se aventurar. Deus mostrou que não é controlador, mas é Pai e deseja que Seus filhos vivam com liberdade e responsabilidade.

Oração

“Pai: foi assim que o Vosso Filho nos ensinou a Vos chamar. E para falar de Vós, Jesus contou uma parábola em que Vós sois o Pai e, um dos filhos, o mais novo, pediu a sua parte da herança. Vós, como Pai, mesmo sabendo que tal decisão não era boa, permitistes a partida daquele filho.
Pai, sair do bom ambiente, que é Vosso coração, é negar uma história, negar os laços com as coisas do Alto e, consequentemente, negar o outro.
Pai das Misericórdias, o lugar do Vosso coração é familiar, é saudável, mas, muitas vezes, nos cansamos e, como o filho mais novo, saímos de casa, da boa convivência e da Igreja. Pai, a Vossa misericórdia é sem fim. Nós Vos pedimos, ainda que nossa fraqueza ou pecado nos afaste de Vós e dos irmãos, desperta-nos para o retorno, pois Vosso coração está sempre pronto a nos acolher. Amém.”

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, tenha misericórdia dos casais!

2º Dia da Novena

Caminhar sem o Senhor é caminhar para ruína

“Quando tinha esbanjado tudo o que possuía, chegou uma grande fome àquela região, e ele começou a passar necessidade. Então, foi pedir trabalho a um homem do lugar, que o mandou para seu sítio cuidar dos porcos. Ele queria matar a fome com a comida que os porcos comiam, mas nem isto lhe davam.” (Lc 15,14-16)

Reflexão

O filho mais novo saiu de casa e começou a esbanjar tudo o que possuía, e esbanjou sem controle nenhum. Saiu para ser dono de si, mas acabou se tornando escravo e perdeu o controle. O filho, ao se afastar do pai, perdeu o equilíbrio, não era mais dono de si. Ao se perder, o filho chegou ao ponto de cuidar de porcos, algo inconcebível para um judeu, e não parou aí. O rapaz até desejou a comida dos porcos. Quando nos afastamos de Deus, perdemos o equilíbrio, tornamo-nos escravos e chegamos a fazer loucuras.

Oração

Pai das Misericórdias, embora sejamos filhos, pensamos em independência, em viver do nosso modo, sem nos preocuparmos com a família e com o Vosso cuidado. Viver sem Vós foi, é e sempre será uma tristeza. Fora de Vós, o caminho é mendigar em lugares impróprios; o resultado foi um gastar de desgaste, o resultado foi a ilusão e uma alegria passageira.
Quando nos afastamos de Vós, Pai, lembramos que a vida tinha cor e sabor, tinha gosto e sentido, pois a nossa natureza era e é de ser filho, e a Vossa natureza é de ser Pai. Pai das Misericórdias, não queremos mais nos afastar da Vossa presença com ilusões momentâneas e prazerosas, mas permanecer com o alimento que, realmente, nos sacia, que nos dá forças e sentido à vida, vosso Filho Jesus. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, tenha misericórdia de nossos filhos e filhas!

3º Dia da Novena

Pentecostes, dom e amor do Pai

“Então caiu em si e disse: ‘Quantos empregados do meu pai têm pão com fartura, e eu aqui, morrendo de fome. Vou voltar para meu pai e dizer-lhe: Pai, pequei contra Deus e contra ti; já não mereço ser chamado teu filho. Trata-me como a um dos teus empregados’. Então, ele partiu e voltou para seu pai” (Lc 15,17-20a)

Reflexão

O filho mais novo saiu de casa, gastou tudo o que tinha, passou necessidade e, finalmente, resolveu voltar à casa do pai. É sempre bom refletir sobre a vida. Usar a razão, o bom senso. O filho pode até ter voltado por causa da fome, mas ainda bem que refletiu, fez os cálculos, não foi orgulhoso e resolveu voltar. Que, neste dia, nós também possamos rezar, refletir. Façamos as contas e voltemos para o Pai.

Oração

Pai das Misericórdias, nessa nossa caminhada, marcada por passos firmes e acertados, mas também por passos errantes e distantes de Vós, queremos, neste dia, reconhecer nossa fraqueza humana tendenciosa ao mal. Muitas vezes, partimos para uma vida longe do Vosso coração, na esperança de realização e com desejo de acertar. Porém, a vida nos ensinou que, fora de Vossa presença, o que nos é oferecido, na verdade, são males bem disfarçados. A princípio, são bons, mas, com o tempo, nossa consciência, a lembrança do Vosso amor faz-nos refletir: “esse caminho não convém a um filho que tem Deus como Pai”. Queremos, Pai, pedir que nos desperte a consciência para que reconheçamos sempre que somos filhos e, por isso, precisamos voltar a Vós. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, tenha misericórdia dos desempregados!

4º Dia da Novena

Misericórdia divina, dom gratuito que cura a alma e o corpo

“Quando ainda estava longe, seu pai o avistou e foi tomado de compaixão. Correu-lhe ao encontro, abraçou-o e o cobriu de beijos.” (Lc 15,20b)

Reflexão

O filho voltou para casa, mas o pai foi muito mais expressivo. Ainda longe, o filho foi avistado pelo pai, e este foi tomado de compaixão. Correu, abraçou e beijou aquele filho. Embora tenha feito o que fez, o filho ainda era querido pelo pai. O pai esbanjou misericórdia.

Oração

Pai das Misericórdias, a Vossa compaixão e misericórdia superam nossos erros. Vossa misericórdia não se limita às palavras, mas Vossos gestos nos surpreendem e vão além de nossas expectativas. Vossa natureza paterna se compadece de nós, pecadores. Por isso “correis” ao nosso encontro. Muitas vezes, vamos até Vós com nossos medos, receios, e, muitas vezes, ensaiamos algumas bonitas palavras para Vos falar. Na verdade, a Vossa compaixão nos desconcerta, somos constrangidos, e assim nos faltam as palavras. Por isso, a nossa resposta só pode ser de abraçar-Vos e de sermos extensão da Vossa compaixão aos nossos irmãos. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, cure nossos enfermos!

5º Dia da Novena

Humildade, caminho para alcançarmos a misericórdia

“O filho, então, lhe disse: ‘Pai, pequei contra Deus e contra ti. Já não mereço ser chamado teu filho’” (Lc 15,21).

Reflexão

O filho mais novo fez sua confissão.

Oração

Pai das Misericórdias, Vós sois o Forte, o Santo, e nós reconhecemos nossas fraquezas e nossos pecados. Não há méritos em nossas ações. Tudo o que fazemos e somos é dom de Vossa graça; e mesmo assim, ofendemos o Vosso coração. E, ao sairmos da Vossa presença, cometemos coisas terríveis, que não condizem com tantas graças da Vossa providência em nossa vida. Mas Vossos méritos, Vossa grandeza, Vossa misericórdia são maiores que nossas faltas. E quando arrependidos, as apresentamos a Vós, Vosso perdão as elimina. Nós vamos até Vós e nos reconhecemos pecadores.Vós, Pai, vindes ao nosso encontro e nos reconheceis como filhos. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, tenha misericórdia dos cristãos perseguidos no mundo inteiro!

6º Dia da Novena

Humanidade sadia é aquela que se rivaliza na misericórdia

“Mas o pai disse aos empregados: ‘Trazei depressa a melhor túnica para vestir meu filho. Colocai-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés. 23 Trazei um novilho gordo e matai-o, para comermos e festejarmos. 24 Pois este meu filho estava morto e tornou a viver; estava perdido e foi encontrado’. E começaram a festa” (Lc 15,22-24)

Reflexão

O pai perdoou e, com suas atitudes, esbanjou acolhida, generosidade e alegria por aquele filho.

Oração

Pai das Misericórdias, Vossa paternidade é festiva, é misericordiosa; e Vosso perdão, Vossa acolhida nos reveste da roupagem de filhos. Nossos pecados, nossa indiferença e a falta de caridade mancham e rasgam as belas vestes que de Vós recebemos. Pai, Vossa aliança de amor é eterna para conosco, mas nós a desprezamos quando nos afastamos de Vós. No nosso retorno, Pai, Vós renovais essa aliança de amor. Pai, a vida fora de Vós nos faz escravos de nós mesmos e do mundo. Sem Vós andamos “descalços”, perdemos as “sandálias” da dignidade. Obrigado, Pai, pois além de tantos presentes – a veste, o anel e as sandálias – Vós ainda nos preparais um banquete. Vossa misericórdia é festiva e dela já podemos participar através da Palavra e da Eucaristia. Pai, alegrais-Vos e fazeis festa com o nosso retorno. Ajuda-nos a fazer festa pela Vossa paternidade e fazer festa pelos irmãos que voltam a Vossa casa. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, abençoe os nossos governantes!

7º Dia da Novena

A lembrança do olhar misericordioso do pai fez o filho rever a vida e voltar

“O filho mais velho estava no campo. Ao voltar, já perto de casa, ouviu música e barulho de dança. 26 Então, chamou um dos criados e perguntou o que estava acontecendo. 27 Ele respondeu: ‘É teu irmão que voltou. Teu pai matou o novilho gordo, porque recuperou seu filho são e salvo’.28 Mas ele ficou com raiva e não queria entrar. O pai, saindo, insistiu com ele.” (Lc 15, 25-27)

Reflexão

O filho mais velho não gostou da notícia que recebeu do servo, infelizmente, deixou-se levar pela inveja, e não foi capaz de se alegrar com o retorno do irmão. Quantas vezes damos espaço à inveja, ao egoísmo e à falta de misericórdia com os irmãos. Quantas vezes não nos alegramos com o dom da vida do outro?

Oração

Pai das Misericórdias, Vós fostes ao encontro daquele filho que havia saído de casa, que se perdeu, mas voltou. Vós fizestes festa pelo retorno de alguém que havia errado. Sim, Vós não Vos alegrastes por causa do erro do filho, mas fizestes festa, porque ele retornou à casa. Pai, o outro filho, o mais velho, infelizmente não se alegrou com a volta do irmão. Aliás, a raiva parecia tão grande que nem o tratou como irmão. Pai, muitas vezes, temos-Vos como Pai, mas nem sempre tratamos aqueles que estão ao nosso lado como irmãos. Dá-nos a graça, Pai, de uma nova conversão. Sendo Vós Pai nosso, os outros são nossos irmãos, e assim devemos tratá-los. Ajuda-nos, Pai das Misericórdias, a vencer a inimizade e a indiferença pela misericórdia e fraternidade. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, tenha misericórdia dos viajantes e peregrinos!

8º Dia da Novena

 A misericórdia do Pai, uma aliança indissolúvel

“Ele, porém, respondeu ao pai: ‘Eu trabalho para ti há tantos anos, jamais desobedeci a qualquer ordem tua. E nunca me deste um cabrito para eu festejar com meus amigos. 30 Mas quando chegou esse teu filho, que esbanjou teus bens com as prostitutas, matas para ele o novilho gordo’.” (Lc 15,29-30)

Reflexão

Infelizmente, o filho mais velho só conseguia enxergar os pecados do irmão. Não reconhecia o filho do seu pai como irmão. A mente e o olhar corrompidos pela inveja não permitem ver a pessoa, mas apenas seus pecados, quando se olha apenas os pecados não é possível acolher a pessoa.

Oração

Pai Misericordioso, pedimos que não leveis em conta nossa mesquinhez. Vós fostes também ao encontro do filho mais velho que se recusou a entrar em casa. Pai, somos esse filho mais velho que reivindica direitos. Embora frequentemos Vossa casa e busquemos estar em contato Convosco, nem sempre estamos em comunhão Convosco. O coração está longe. Muitas vezes, estamos com Vossas obras e não estamos Convosco. Pai, não permitais que nos percamos nos trabalhos e naquilo que fazemos, pois o fato de realizarmos coisas pode nos cegar e nos fazer pensar que temos direitos e nos esquecemos que tudo é dom e graça Vossa. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, liberte Seus filhos!

9º Dia da Novena

Ir e promover o encontro com o Pai

“Então, o pai lhe disse: ‘Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que é meu é teu. 32 Mas era preciso festejar e alegrar-nos, porque este teu irmão estava morto e tornou a viver, estava perdido e foi encontrado.” (Lc 15,31-32)

Reflexão

O pai acolheu o filho mais velho e o acalmou quando disse que tudo era dele, e o convidou a acolher seu irmão, a fazer festa.

Oração

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, nós Vos agradecemos pela oferenda do Vosso Filho Jesus Cristo. N’Ele Vos conhecemos, amamo-Vos. N’Ele experimentamos a Vossa infinita misericórdia e n’Ele somos por Vós, e no Espírito Santo, enviados a ser misericórdia. Ajudai-nos, ó Pai, a acolher os pecadores, a ver o outro como irmão e não olhar apenas os seus pecados. Amém.

Oração ao Pai das Misericórdias. Pai-nosso. Glória.
Pai das Misericórdias, aumente as vocações!