Convidados a não colocar resistência ao Espirito Santo

Nesta segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018, o padre Wagner Ferreira fez a homilia da Santa Missa às 7h no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote nos convida a não colocar resistência ao Espírito Santo: “Jesus é o Filho de Deus encarnado, e para cumprir a sua missão de Filho salvador, deixava-se guiar pelo Espírito Santo. Ele era o ungido do Pai. O Espírito Santo dava a Jesus todos os dons para que Ele realizasse as obras conforme à sua vontade. Pelo batismo, também somos pessoas ungidas, capazes de viver segundo o Espírito Santo. Ele nos capacita com dons e graças para que vivamos como discípulos de Jesus. O próprio Jesus se deixava conduzir pelo Espírito Santo. Nós por causa do mistério do pecado, nem sempre nos deixamos conduzir pelo Espírito Santo; nossas ações não revelam a graça que recebemos no batismo. Fomos feitos filhos amados de Deus e nos tornamos templos vivos, mas nem sempre permitimos que o Espírito nos conduza. No Evangelho de hoje, Jesus nos chama a atenção para um pecado eterno, que é a blasfêmia contra o Espírito Santo, que tem como significado não colocar a nossa liberdade à luz da fé. O pecado contra o Espírito Santo é o fechamento do coração à sua ação, tornando- nos resistentes ao dom da graça de Deus. A primeira Leitura de hoje relata o testemunho do Rei Davi e a sua escolha para ser rei do seu povo. A missão de Davi era conduzir o seu povo segundo à vontade de Deus, se deixando guiar pelo Espírito Santo, e foi para isso que ele recebeu a unção. Não coloquemos resistência ao Espírito Santo, a fim de que se renove em nós a sua unção”.

O Evangelho é de São Marcos: “Naquele tempo, os mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Beelzebu, e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: “Como é que Satanás pode expulsar a Satanás? Se um reino se divide contra si mesmo, ele não poderá manter-se. Se uma família se divide contra si mesma, não poderá manter-se. Assim, se Satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa. Em verdade vos digo: tudo será perdoado aos homens, tanto os pecados, como qualquer blasfêmia que tiverem dito. Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno”. Jesus falou isso, porque diziam: “Ele está possuído por um espírito mau (Mc 3,22-30)”.
 

Padre Wagner Ferreira faz homilia no Santuário do Pai das Misericórdias.

Assista a homilia na íntegra:
Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!