Adotar o estilo de vida de Jesus

Padre Anderson Marçal, em homilia no Santuário do Pai das Misericórdias, neste dia 8 de maio, disse que adotar o estilo de vida de Jesus é ser um cristão autêntico.

A liturgia de hoje nos chama à atenção, em primeiro lugar, para o estilo de vida de Jesus; segundo, para as consequências de ter este estilo de vida; em terceiro lugar, uma certeza de fé no nosso coração.

“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus. Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados. Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.” (Mt 5,3-7)

Citando o Evangelho de hoje, o sacerdote fala de cada um desses pontos.

1º – O estilo de vida de Jesus – são as bem-aventuranças citadas neste Evangelho. Jesus diz que são bem-aventurados os que vivem como Ele vive, e não os que seguem uma ideologia, que seguem uma pessoa e o estilo de vida dela.

2º – As consequências – Como está escrito no Evangelho: “Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus. Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim.”  (Mt 5,9-11)

Os perseguidos, os que vivem na aflição e nas injúrias são bem-aventurados. Eles têm a coragem de confrontar esse estilo de vida de jesus com o estilo de vida do mundo; eles não têm medo, pois esse estilo de vida os levará ao céu.

3º – Na primeira leitura: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda consolação. Ele nos consola em todas as nossas aflições, para que, com a consolação que nós mesmos recebemos de Deus, possamos consolar os que se acham em toda e qualquer aflição” (2Cor 1,3-4).

O Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação está conosco, sentir e deixar-se encher d’Aquele que verdadeiramente nos enche.[…] O cristão só é cristão quando evangeliza.

Primeira Leitura (2Cor 1,1-7)
Responsório (Sl 33)
Evangelho (Mt 5,1-12)