Buscamos méritos ou a salvação?

Nesta quinta-feira, 04 de janeiro de 2018, o padre Marcio Prado fez a homilia da Santa Missa às 7h no Santuário do Pai das Misericórdias.

 O sacerdote nos convida a não buscar méritos mas a salvação: “Nós devemos praticar a justiça e o bem, isso é próprio de quem é de Deus; ao contrário de quem peca, que está se associando ao outro, ao inimigo. Preciso me esforçar para não pecar e sim viver a justiça sendo de Deus e estando na graça e na benção. No Evangelho de hoje, São João Batista nos ensina com a sua vida. João não teve medo de perder os seus discípulos. Ele apontou Jesus: “eis o cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo”. Somos chamados hoje a fazer uma experiência com Jesus, Ele é o lugar e o estado de graça que precisamos procurar. Em várias partes do Evangelho, São João relata os que fizeram uma experiências com Jesus. Precisamos guardar a experiência de amor feita com o Senhor e passá-la a outros. Buscamos méritos ou a salvação? Quero fazer uma experiência com Jesus sim, mas não quero deixar o pecado e nem me comprometer com Ele? Eu preciso me fazer a seguinte pergunta: Ao buscar o encontro com Jesus, eu levo as pessoas à Ele? Meu comportamento revela Jesus para o meu irmão?”

O Evangelho é de São João: “Naquele tempo, João estava de novo com dois de seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: “Eis o Cordeiro de Deus!” Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: “Que estais procurando?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?” Jesus respondeu: “Vinde ver”. Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. Ele foi logo encontrar seu irmão Simão e lhe disse: “Encontramos o Messias (que quer dizer: Cristo)”. Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: “Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas” (que quer dizer: Pedra) (Jo 1,35-42)”.

 
Assista a homilia na íntegra.
Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!