Aproxime-se do Reino de Deus!

Nesta terça-feira. 28 de novembro de 2017, o padre Anderson Marçal fez a homilia da Santa Missa, às 7h no Santuário do Pai das Misericórdias.

O convite do sacerdote é de estarmos próximos do Reino de Deus que não passa: “Todos os reinos dominadores e opressores deste mundo irão cair, e com a Segunda Vinda do Senhor o Reino definitivo vai prevalecer. Certos de que o Reino de Deus ainda virá, deixe-se mover pelo Senhor. E quando este Reino chegar de que lado nós estaremos? Do lado do reino que passa ou do Reino definitivo? O Evangelho de hoje nos alerta quando fala do templo “dias virão em que não ficará pedra sobre pedra”. A preparação para o Reino implica no desapego das coisas que passam. Como está o meu coração com as coisas que passam, apegado ou desapegado? Não se deixe enganar, é preciso se manter firme, pois o Reino de Deus não passa. O tempo e a natureza dão sinais de que o Senhor está próximo. De quem estamos próximos, dos ídolos ou do Senhor?

O Evangelho é de São Lucas: Naquele tempo, algumas pessoas comentavam a respeito do Templo que era enfeitado com belas pedras e com ofertas votivas. Jesus disse: “Vós admirais estas coisas? Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído”. Mas eles perguntaram: “Mestre, quando acontecerá isto? E qual vai ser o sinal de que estas coisas estão para acontecer?” Jesus respondeu: “Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu!’ E ainda: ‘O tempo está próximo’. Não sigais essa gente! Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que estas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim”. E Jesus continuou: “Um povo se levantará contra outro povo, um país atacará outro país. Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em muitos lugares; acontecerão coisas pavorosas e grandes sinais serão vistos no céu (Lc 21,5-11)”.

Assista a homilia na íntegra:

Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!