Firmes e confiantes no Senhor

O sacerdote João Marcos Polak iniciou sua homilia hoje no Santuário do Pai das Misericórdias dizendo que o um coração firme é um coração seguro de si.

Com base no refrão do Salmo 11, ele inicia sua reflexão lendo este trecho:

— “O coração do justo é firme e confiante no Senhor.”

Feliz o homem que respeita o Senhor e que ama com carinho a sua lei! Sua descendência será forte sobre a terra, abençoada a geração dos homens retos!

Ele não teme receber notícias más: confiando em Deus, seu coração está seguro. Seu coração está tranquilo e nada teme, e confusos há de ver seus inimigos.

Ele reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez, e crescerão a sua glória e seu poder.

Continua dizendo o sacerdote: “Um coração firme é um coração decidido, determinado continuo, é uma pessoa que não se deixa vencer pelas dificuldades, sabe em quem colocou sua confiança, que não para nas tribulações e criticas, que não para nas provações e nos comentários, o coração do justo é firme e confiante no Senhor e dai entendemos o contesto das leituras de hoje.”

Ele reza ao final da reflexão pedindo “a fidelidade às coisas do Senhor, como o Terço, a Santa Missa, as leituras da Palavra de Deus; porque o demônio vai minando a vida espiritual aos poucos, vai dando sono e vontade de fazer tantas outras coisas e nos afastando das coisas de Deus. Estamos sendo treinados na academia da vida espiritual. Como Tobias, não parou nas angustias e criticas, entregar a vida para Deus”.

Liturgia de hoje

Primeira Leitura (Tb 2,9-14)

Responsório (SI 111)

Evangelho (Mc 12,13-17)