Igreja apostólica enviada a testemunhar o Ressuscitado misericordioso

Neste sábado da Páscoa, 2 de abril, o Padre Fernando Santamaria celebrou a Santa Missa, às 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote explicou: “Jesus é fundador e o fundamento de uma Igreja apostólica. De uma Igreja que é apostólica porque é enviada, e enviada a testemunhar o Ressuscitado misericordioso; repito, muito bem simbolizado em cada Círio Pascal: aceso como precisa estar acessa a nossa fé, essa fé de uma Igreja apostólica onde Jesus apareceu. E a presença d’Ele é a Boa-Nova em pessoa.

O Evangelho é de São Marcos: “Depois de ressuscitar, na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando. Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar.
Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam indo para o campo. Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros. Também a estes não deram crédito. Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo, repreendeu-os por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado.
E disse-lhes: ‘Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!’” (Mc 16,9-15)

Assista à homilia na íntegra:

Acesse a liturgia do dia.

Deus abençoe você!

Pai das Misericórdias e Deus de toda a consolação, ouvi-nos!