O Senhor nos envia com os seus discípulos!

Homilia de hoje

Nesta quinta-feira, 05 de outubro de 2017, o padre Anderson Marçal celebrou a Santa Missa, às 7h no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote fala sobre a necessidade de ir até o povo: “O povo que tinha sofrido o exílio é que ia atrás das coisas de Deus. O povo tinha consciência de que precisava de Deus. Já no tempo de Jesus o povo não mais se reunia para falar de Deus, por isso Ele envia seus discípulos. O verdadeiro discípulo vai preparar o caminho do Senhor. Nós precisamos nos colocar no número desses setenta e dois discípulos e ir até o povo. Será que nós rezamos pela nossa Igreja, pelo Papa, pelos consagrados? Ou será que a nossa oração se volta somente pelos nossos próprios interesses? Precisamos ser pessoas totalmente dependentes de Deus em tudo. Quando começamos a criar necessidades, não seremos mais dependentes de Deus. Nós somos pessoas de paz?”

O Evangelho é de São Lucas: “Naquele tempo, o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. E dizia-lhes: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita.Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa nem sacola nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’ Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: ‘O Reino de Deus está próximo de vós’. Mas, quando entrardes numa cidade e não fordes bem recebidos, saindo pelas ruas, dizei: Até a poeira de vossa cidade que se apegou aos nossos pés, sacudimos contra vós. No entanto, sabei que o Reino de Deus está próximo! Eu vos digo que, naquele dia, Sodoma será tratada com menos rigor do que essa cidade” (Lc 10,1-12).

Assista a homilia na íntegra:

Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!