Sejamos conduzidos pelas mãos de Deus

Nesta terça-feira, 14 de novembro de 2017, o padre Anderson Marçal fez a homilia da Santa Missa às 07h no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote nos convida a sermos conduzidos pelas mãos de Deus: “A quem servimos, a Deus ou a coisas passageiras deste mundo? Muitos prestam cultos à coisas feitas por mãos humanas e não a Deus. A primeira leitura do livro da Sabedoria nos alerta: “Deus criou o homem para a imortalidade e o fez a imagem da sua própria natureza”. Nós fomos criados para a imortalidade, fomos criados aos moldes do filho de Deus, imagem e semelhança. Refletimos a imagem de quem estamos seguindo, e esta imagem não pode ser dos ídolos deste mundo. É preciso fazer sempre esta pergunta: Que imagem eu reflito, a de Deus ou a de ídolos que estou seguindo? Quem serve a Deus é conduzido pelas mãos de Deus para o céu. Para onde estamos direcionando os nossos interesses, e a nossa vida? Quem precisa me condizer é Deus e não os ídolos que estão surgindo”.

O Evangelho é de São Lucas: Naquele tempo, disse Jesus: “Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: ‘Vem depressa para a mesa?’ Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: ‘Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso poderás comer e beber?’ Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado? Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer (Lc 17,7-10)”.

Assista a homilia na íntegra:

Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!