Visita do Reitor-Mor dos Salesianos, Padre Ángel Fernández Artime

Nesta quarta-feira, 17 de outubro de 2017, o padre Ángel Fernández Artime, Reitor – Mor dos Salesianos, celebrou a Santa Missa, às 16h30 no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote fala sobre a evangelização pelos meios de comunicação e o testemunho de vida:

“Pensando especialmente nas pessoas que possam estar ouvindo em casa e não teriam porque entender o meu espanhol, é melhor que eu fale mais devagar e brevemente. 
Novamente eu quero expressar a minha alegria por estar celebrando esta eucaristia, partilhada com verdadeiro sentido de família salesiana. Eu, como Reitor-Mor e representante da família salesiana, hoje me encontro em uma casa de família salesiana. Nesta grande árvore com mais de 31 comunidades de  família salesiana, o mais importante é que possamos continuar servindo ao Evangelho.
Hoje é uma grande providência porque estamos celebrando o evangelista São Lucas, médico e padroeiro dos médicos. Ele é o medico, mas provavelmente muitas pessoas não saibam que ele foi um dos grandes comunicadores. Ele é comunicador pelo Evangelho e escreveu os Atos dos Apóstolos. E como comunidades cristãs, nós temos o testemunho de tudo o que ele viveu e tudo o que narrou. E é muito belo porque nós estamos em uma Casa que entendeu que a evangelização deve se fazer com a comunicação e a comunicação é como um meio para transmitir a boa nova do Evangelho de Jesus.
Tem uma coisa que eu acho que é muito interessante , quando chegamos a este belo lugar, nós temos como acolhida umas antenas que são os meios pelos quais se transmite a comunicação pelo mundo inteiro. O que Lucas pôde fazer foi o que ele tinha de melhor naquele momento, que era escrever nos pergaminhos, provavelmente em uma língua mais universal que era o grego. Mas seja pelos pergaminhos, seja pelas antenas, pelas câmeras que estão transmitindo, eles são somente meios, eles não são a mensagem. A mensagem é nós que damos. A mensagem que São Lucas transmite para nós é do testemunho.
Irmãos, mesmo em uma sociedade tão desenvolvida, a melhor mensagem que temos a comunicar é o testemunho. Eu penso que isso é uma bela mensagem para hoje. Essa Comunidade Canção Nova e cada um de nós como discípulos e crentes de Jesus temos o mais valioso para  comunicar que é o próprio testemunho de vida.
Como diz São Pedro, dar testemunho Daquele que cremos em nossa vida. Hoje o mundo se comove, se encontra testemunhos credíveis, porque as mensagens vão e voltam, mas os testemunhos são evidentes, não necessitam interpretação. Eu convido vocês a continuar convencidos que Jesus nos chama a sermos testemunhos.
Uma segunda coisa breve é que o Senhor envia outros setenta e dois para anunciar o evangelho e diz o que eles tem que fazer. O Papa Francisco fala para nós que precisamos ser verdadeiros discípulos de Jesus. Quer dizer que nós temos que ter sensibilidade para transmitir a razão pela qual vivemos. Meus queridos irmãos, mesmo estando em um lugar tão belo como este, a finalidade não é estar acomodados. Nos temos que ter medo de ficar acomodados no sofá. O que se espera de nós e que possamos chegar àqueles que estão mais longe. Desejo que o Senhor abençoe a vida de todos vocês, e que a cada dia possamos descobrir tantos motivos para que tenhamos esperança!”

Confira a Santa Missa na íntegra:

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!