Deus fala ao coração

Na homilia de hoje, no Santuário do Pai das Misericórdias, padre Marcos Roberto da Comunidade Canção Nova disse que não existe nada pior do que uma comunicação mal feita ou o ‘ruido na comunicação’, que é quando as pessoas não se entendem.

O sacerdote afirma que a comunicação é imprescindível para um bom relacionamento e que Deus sempre se comunicou com o homem, desde a sua criação. Veja o exemplo de Moisés quando o Senhor se comunicou com ele na montanha.

Marcos afirma que “mais do que falar, Deus se encarnou e assumiu nossa carne humana, Ele se assemelhou a nós em tudo, menos no pecado. Ele deixou Sua Palavra, o Evangelho, que é palavra de vida.

Padre Marcos continuou dizendo que “nós somos privilegiados por termos muitos meios de comunicação, pois ela nos dá a oportunidade, como agora, de ouvir a Palavra de Deus e O aceitar no coração, nessa ‘montanha santa’ onde podemos encontrá-lo”.

Em sua reflexão final, o padre concluiu: “Deus não é complicado, Ele fala simples na sua Palavra, mas é preciso estar com o coração aberto para colocá-la em prática. Ele nos fala todos os dias, e hoje pede para que nos abramos à Sua graça. E assim cresceremos nas virtudes e na santidade, tornando-se uma fonte de água viva, onde saem as Palavras de Deus que podem ajudar outras pessoas. É um dom do Espírito.”

 

Liturgia diária

Primeira Leitura (Êx 19,1-2.9-11.16-20b)

1No dia em que se cumpriam três meses da saída do Egito, Israel chegou ao deserto do Sinai. 2Partindo de Rafidim, chegaram ao deserto do Sinai, onde acamparam. Israel armou ali suas tendas, defronte da montanha. 9E o Senhor falou a Moisés: “Virei a ti numa nuvem escura, para que o povo ouça quando falar contigo, e creia sempre em ti”. 10Tendo Moisés transmitido ao Senhor as palavras do povo, o Senhor lhe disse: “Vai ao povo e santifica-os hoje e amanhã. Eles devem lavar as suas vestes, 11e estar prontos para o terceiro dia, pois nesse dia o Senhor descerá diante de todo o povo sobre a montanha do Sinai”. 16Quando chegou o terceiro dia, ao raiar da manhã, houve trovões e relâmpagos. Uma nuvem espessa cobriu a montanha, e um fortíssimo som de trombetas se fez ouvir. No acampamento o povo se pôs a tremer. 17Moisés fez o povo sair do acampamento ao encontro de Deus, e eles pararam ao pé da montanha. 18Todo o monte Sinai fumegava, pois o Senhor descera sobre ele em meio ao fogo. A fumaça subia como de uma fornalha, e todo o monte tremia violentamente. 19O som da trombeta ia aumentando cada vez mais. Moisés falava e o Senhor lhe respondia através do trovão. 20bO Senhor desceu sobre o monte Sinai e chamou Moisés ao cume do monte. E Moisés subiu.

Responsório (Dn 3,52-56)

Evangelho (Mt 13,10-17)