Graças alcançadas no Santuário

Confira os testemunhos de quem doou seu ouro para a Canção Nova, ajudando a realizar o sonho de construir e de manter o Santuário do Pai das Misericórdias:

“Sou auxiliar de enfermagem no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e moro em Franca. Num acidente de trabalho, furei o dedo anelar esquerdo com sangue contaminado por Hepatite C e corria um grande risco de ser contaminada. No momento clamei ao Pai das Misericórdias e pedi ao Senhor: ‘Tem compaixão de mim’. Fiz exames sofisticados e foi comprovado que eu não havia me contaminado. O médico afirmou que foi muita sorte. Sou sócia da Canção Nova e trago minha doação em ouro como forma de agradecimento! Obrigada, meu Senhor!”
Corita de Faria Andrade
Franca (SP)

“Trago essa corrente com pingente de ouro para ajudar na construção do Santuário do Pai das Misericórdias. Essa corrente tem me acompanhado há mais de 40 anos. Em 2009, meu esposo faleceu, ele iria completar 72 anos, mas fomos casados por 49 anos o que resultou em duas filhas e três netos e para mim. Eles são uma bênção de Deus. Peço que Deus realize o impossível na vida da minha filha, que está separada do marido, para que Ele os una novamente.”
Eva da Rosa Calza
Passo Fundo (RS)

“Este ouro que doo pela segunda vez, é pouco diante do grande amor e desejo de ajudar essa obra magnífica, que veio ao encontro do meu anseio de ter exatamente este tipo de evangelização. A verdade é que, não havia uma evangelização assim, pois, nós, leigos, não compreenderíamos a Bíblia se não fosse pelo trabalho do padre Jonas. Comecei a sintonizar a Canção Nova há mais ou menos 10 anos. Fui toda tomada. Não dá mais para voltar. Já estou em alto mar. Tenho muitas tribulações, mas encontro meu consolo em Jesus e em Maria. Vocês são responsáveis pela minha evangelização. Tenho recebido muitas graças. Clamei a Maria por um filho e Deus nos deu nosso filho, Bruno Gabriel, por adoção. São muitas graças. Deus me tirou os medos e traumas, e tem dois anos que dirijo automóvel. Obrigada a todos vocês!”
Rosângela Vogel
Brusque (SC)

“Entrego ao Pai das Misericórdias o resultado de uma confiança em Deus, ou seja, a minha aliança com o nome do meu esposo, a medalha do meu filho Matheus e as primeiras pulseiras da minha filha Amanda. Tenho certeza e fé em Deus que voltarei aqui na Canção Nova, em Cachoeira Paulista, com os três, para juntos rezarmos nessa maravilhosa Igreja.”
Rosângela Zambão
Lins (SP)

“Escrevo em nome dos cinco irmãos que tenho. Nossa mãe foi sempre muito devota de Nossa Senhora, tanto que deu o nome de Maria para as cinco filhas que teve. Hoje somos todos casados e com famílias estruturadas nos ensinamentos da Igreja. Resolvemos enviar as alianças das Bodas de Ouro, que eles conseguiram completar um pouco antes de falecerem. Esperamos que essa doação possa ajudar nesta grandiosa obra de evangelização, que alimenta muitas almas que se encontram nas trevas. Continuem assim, falando sobre o valor da família e testemunhando, com a vida de vocês, a importância desta célula-mãe na sociedade. Sejam sempre família!”
Maria do Carmo Agostini e irmãos
Rio Bonito (RJ)

“Estou doando a correntinha de ouro com muito amor. Amor que tenho pela obra de Deus. Quando estava construindo o Centro de Evangelização também doei outras peças de ouro que tinha.”
Lucindalva Ramos Bezerra da Cunha
Osasco (SP)

“Estou doando um brinquinho de ouro para ajudar na construção de mais uma vitória de Deus por meio da Canção Nova. Minha mãe ficou viúva há 10 anos, peguei a aliança dela e fiz esse brinco. Usei ele até hoje, dia do meu aniversário, e decidi dar como presente pelo bem que essa obra tem feito na minha vida e na minha família. Muito obrigada!”
Adriana S. Silva
Campo do Rio Claro (MG)

“Em agosto de 2007 minha mãe faleceu. Desde então, sentia-me muito triste e sozinha. Foi em um dia de oração de cura e libertação que Deus curou-me dessa dor e tristeza. Hoje, por honra e glória do Senhor, venho doar a aliança de minha mãe para a construção do Santuário do Pai das Misericórdias! Deus abençoe a Canção Nova!”
Lídia Corrêa Dias
Juruaia (MG)

“Estou doando três anéis, sendo um do meu marido. É uma forma de ajudar na construção da Igreja do Pai das Misericórdias. Eu e meu marido somos sócios pelo débito automático. Nós frequentamos muito a Canção Nova, em Cachoeira Paulista. Agradecemos as graças alcançadas e pedimos orações pela saúde da nossa família. Quando estou na Canção Nova, sinto-me no céu. Também assisto toda a programação da TV Canção Nova, que é muito boa. Gosto demais dos programas!”
Lúcia Domingues Nogueira
Rio de Janeiro (RJ)

“Nasci em um pequeno bairro chamado Morro Agudo, onde moram meu irmão, parentes e amigos. Moro em Sorocaba e não os vejo há muito tempo. Sinto saudades de todos. Estou em Cachoeira Paulista (SP) e é uma bênção estar aqui. A Canção Nova realiza milagres em minha vida, venci todas as barreiras e não foram poucas. Afirmo que: quem tem Deus, tem tudo; Ele não nos desampara. Hoje, considero-me vencedora, e agradeço a vocês que fazem essa obra acontecer. Vocês já fazem parte da minha família! Deixo a minha pequena doação em ouro para a construção da Igreja do Pai das Misericórdias. Um grande abraço a todos, rezo todos os dias por vocês. Deus os abençoe e dê força cada vez mais.”
Maria Gonçalves de Campos Maciel
Sorocaba (SP)

Leia também:
:: Testemunhos do Pai das Misericórdias
:: Consagre-se ao Pai
:: Terço ao Pai das misericórdias

Doação

Envie sua doação em ouro e o seu testemunho de vida para uma das Frentes de Missão da Canção Nova ou via Sedex para o endereço:

Fundação João Paulo II

Caixa Postal 57

CEP: 12630-000

Cachoeira Paulista (SP)