Como não abrir brechas para o pecado?

 

Nesta sexta-feira, 29, o Padre Marcio Prado celebrou a Santa Missa, às 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

O vice-reitor do Santuário alertou para manter a vigilância e não ceder aos desejos e paixões do mundo: não deixar brechas para o pecado. Na homilia, explica como alcançar a virtude necessária à santidade.

O Evangelho é de São Marcos: “Naquele tempo, Jesus disse à multidão: ‘O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece.
A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou’.
E Jesus continuou: ‘Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra’.
Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.” (Mc 4, 26-34)

 

Assista à homilia na íntegra:

 

Acesse a liturgia do dia.

Deus abençoe você!

Pai das Misericórdias e Deus de toda a consolação, ouvi-nos!