O Senhor se deixa encontrar por quem O procura

Nesta terça-feira de Páscoa, 29 de março, o Padre Vagner Baia celebrou a Santa Missa, às 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote assegurou aos fiéis na assembleia: “É tão bom quando a gente encontra alguém que a gente procura. E se nós procuramos o Senhor, Ele Se deixa encontrar. As vezes que procuramos a Deus, procuramos o Senhor, procuramos a Jesus, Ele Se deixa encontrar. Esta é a riqueza desta Festa que estamos vivendo. E como ela atualiza para nós o tempo, a História,  nossa vida. Para nós, cada dia que celebramos a Páscoa é como a gente se permitir nascer de novo…”

O Evangelho é de São João: “Naquele tempo, Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.
Os anjos perguntaram: ‘Mulher, por que choras?’ Ela respondeu: ‘Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram’. Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. Jesus perguntou-lhe: ‘Mulher, por que choras? A quem procuras?’ Pensando que era o jardineiro, Maria disse: ‘Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar’.
Então Jesus disse: ‘Maria!’ Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: ‘Rabuni’ (que quer dizer: Mestre). Jesus disse: ‘Não me segures. Ainda não subi para junto de meu Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus’. Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: ‘Eu vi o Senhor!’, e contou o que Jesus lhe tinha dito.” (Jo 20,11-18)

Assista à homilia na íntegra:

Acesse a liturgia do dia.

Deus abençoe você!

Pai das Misericórdias e Deus de toda a consolação, ouvi-nos!