A fé liberta o nosso coração do egoísmo

Homilia de hoje

Nesta segunda-feira, 23 de outubro de 2017, o padre Wagner Ferreira celebrou a Santa Missa, às 7h no Santuário do Pai das Misericórdias.

O sacerdote nos ensina que a fé liberta o nosso coração do egoísmo: “A fé, que nos é concedida pelo Dom do Espirito Santo, nos leva e nos motiva a ter atitudes de fé. Percebemos como está a nossa fé em Deus a partir do nosso comportamento e da nossa atitude de fé. São Paulo nos apresenta Abraão, nosso pai na fé, e como ele confiou e acreditou em Deus. Ter fé, é confiar nas promessas de Deus e seus projetos se realizarão. Diante dos impossíveis, Abraão confiou e não duvidou de Deus, ele foi justificado em Deus por sua fé. Ter atitudes de fé é o convite que nos é feito por São Paulo na primeira leitura de hoje. O dom da fé, nos leva a viver várias virtudes, de maneira especial destaco o conselho evangélico de pobreza. A fé liberta o nosso coração do egoísmo e do individualismo. Que a fé nos torne ricos diante de Deus e gere  confiança no amor providente que Ele tem por todos nós.”

O Evangelho é de São Lucas: “Naquele tempo, alguém, do meio da multidão, disse a Jesus: “Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo”. Jesus respondeu: “Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?”E disse-lhes: “Atenção! Tomai cuidado contra todo tipo de ganância, porque, mesmo que alguém tenha muitas coisas, a vida de um homem não consiste na abundância de bens”. E contou-lhes uma parábola: “A terra de um homem rico deu uma grande colheita. Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’. Então resolveu: ‘Já sei o que fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens. Então poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tu tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, aproveita!’Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Ainda nesta noite, pedirão de volta a tua vida. E para quem ficará o que tu acumulaste?’ Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico diante de Deus (Lc 12,13-21)”.

Assista a homilia na íntegra:

Confira a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!