Tudo pode ser mudado pela força da oração

Nesta quarta-feira, 7 de setembro, o Monsenhor Jonas Abib celebrou a Santa Missa, às 7h, no Santuário do Pai das Misericórdias. Esta Eucaristia deu início ao Cerco de Jericó pela recuperação dos seminaristas da Canção Nova envolvidos num acidente, especialmente pela saúde do Willian.

O sacerdote questionou a assembleia acerca da escuta de Deus: “E nós estamos começando este Cerco de Jericó, estamos começando todo um tempo forte de oração, clamando mesmo ao Céu pelo Willian para que Deus devolva ao Willian a vida e a saúde, a vida e a saúde, porque Ele corre risco de vida. Então é preciso clamar ao Céu – e clamar não quer dizer gritar – mas é pedir com todo o fervor, pedir até mesmo com ousadia diante do Senhor, que o Senhor venha vem em socorro dele e o Senhor faça a obra d’Ele. (…) Tudo pode ser mudado pela oração. Tudo pode ser mudado pela oração.”

O Evangelho é de São Lucas: “Naquele tempo, Jesus, levantando os olhos para os seus discípulos, disse: ‘Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de Deus! Bem-aventurados vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós que agora chorais, porque havereis de rir! Bem-aventurados sereis, quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!
Alegrai-vos, nesse dia, e exultai, pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas. Mas, ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação! Ai de vós que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós que agora rides, porque tereis luto e lágrimas! Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas.’” (Lc 6,20-26)

Assista à homilia na íntegra:

Acesse a liturgia do dia.

Pai das Misericórdias e Deus de toda consolação, ouvi-nos!