COMPAIXÃO

Santuário apresenta balanço da Campanha de Arrecadação de Alimentos e Agasalhos

O Santuário do Pai das Misericórdias e o Governo Local da Comunidade Canção Nova promoveram uma Campanha de Arrecadação de Alimentos e Agasalhos, de 24 de julho a 24 de agosto. Os fiéis que nestes dias vieram participar das missas puderam deixaram suas doações logo na entrada do Santuário. Todo o montante foi destinado à Rede de Desenvolvimento Social da Canção Nova e à Casa de Repouso e Recuperação Padre Pio, em Cachoeira Paulista, SP. A instituição recebe dependentes químicos e pessoas que estão passando por situação de rua.

Foto: Governo Local da Comunidade Canção Nova

Hugo Yamashita de Moura, ecônomo local da Comunidade da Comunidade Canção Nova, diz que sempre recebiam notícias de necessidades da população mais carente, principalmente nesse ano em que o inverno na região foi mais rigoroso. ”Sabendo do coração generoso dos peregrinos que visitam diariamente a Canção Nova, lançamos a campanha. A inspiração para esta causa veio ao encontro deste momento difícil que vivemos. Então nos unimos e pedimos a Deus sabedoria e discernimento para realizar um bom serviço à Comunidade Canção Nova e à comunidade local”.

Ao final da campanha foram obtidos, no total, cerca de 331 kg de alimentos e 21 caixas grandes de roupas. Para o Governo local da Comunidade Canção Nova é um resultado muito significativo, alcançado graças à colaboração de todos. ”Foi uma experiência riquíssima de fé e gratidão. A cada quilo de alimento e agasalho que chegava, percebíamos o carinho de Deus para conosco e para os que seriam beneficiados com as doações”, afirma .

Hugo também testemunha que entregar as doações à Comunidade Padre Pio foi vivenciar a passagem bíblica de João 6, 8  (que se refere à passagem da multiplicação dos 5 pães e 2 peixinhos). Nesse ato de misericórdia puderam observar que o pouco que temos pode saciar a fome de muita gente. ”Cremos que essa experiência também cultivou e alimentou a fé de muitos, principalmente de quem foi solidário. Tanto é que muitos já se comprometeram a continuar trazendo alimentos e roupas mesmo com o fim da campanha”, relata.

No coração dos organizadores, gratidão e aprendizado: ”mais que agradecimento, é a satisfação pessoal que se pode sentir ao auxiliar as pessoas que mais necessitam. Quando ajudamos o próximo, o maior beneficiário somos nós. Agradecemos de coração a colaboração e contribuição daqueles que participaram da campanha”.

Assessoria de Comunicação
Santuário do Pai das Misericórdias