A força que vem do Espírito Santo

Para atravessar as dificuldades precisamos ter muita fé. Senão, nós não vamos aguentar, vamos sucumbir. Mas, quando as superarmos, veremos as maravilhas de Deus, chegaremos à civilização do amor.

Precisamos ter fé para enfrentar o que vem pela frente. Esse é o primeiro passo. O segundo, não menos importante, é pedir a Deus que o processo seja o menos doloroso possível, para nós, para os nossos, para a humanidade.

Há vários focos no mundo prontos para explodir uma guerra. Precisamos pedir a Deus que a transformação não seja através de uma guerra.

É fato que a humanidade vai passar por uma situação muito difícil diante da queda do sistema do mundo, pernicioso, essencialmente mal. Que Deus nos conceda um meio menos doloroso.

Precisamos ouvir Nossa Senhora, que tem pedido em muitas partes do mundo para que rezemos sem cessar. Mas parece que nós estamos dormindo, inertes, como que não entendendo os sinais, não querendo ver ou ouvir.

Por isso, precisamos ser homens e mulheres de têmpera, de fé, fortes, firmes em Deus e cheios do Espírito Santo. Não é à toa que a grande graça que Deus está concedendo à Igreja e à humanidade é o derramamento do Espírito Santo. É Ele quem nos prepara. Não somos nós sozinhos. O que vai nos dar força é o batismo no Espírito Santo!

 

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova e Reitor do Santuário do Pai das Misericórdias